Novas regras para Machu Picchu são implementadas progressivamente

Desde julho de 2017, o governo peruano vem implementando, progressivamente, novas regras para visitação de Machu Picchu. As restrições foram uma sugestão da Unesco, que ameaçava colocar a cidade inca em uma lista de patrimônios da humanidade ameaçados.

As duas mudanças mais significativas foram a divisão da venda de ingressos em dois turnos – das 6h ao meio dia e do meio-dia às 17h30 – e a limitação de trânsito em via única, por lugares delimitados.




Para quem não sabe, antes era permitido circular por toda a cidade (já havia restrições em questão de direção). Também podia passar pela roleta de entrada, com o mesmo ingresso, por até três vezes naquele dia, número que ficou limitado a apenas um.

machu picchu montanha

Na prática, nem todas as restrições estão em vigor

Algumas das novas regras, como a proibição do uso de pau de selfie e outros acessórios para câmeras, como tripés, buscam evitar “congestionamentos” pelos caminhos, pois agora são restritos.

Na prática, nem todas as restrições estão em vigor. A obrigatoriedade de entrar com guia no parque, por exemplo, não tem sido observada. Porém, os seguranças de Machu Picchu já estão inibindo e orientando as pessoas a circularem pelo fluxo correto dentro das trilhas e não utilizarem acessórios das câmeras fotográficas.

As regras

trilha machu picchu

– Proibido o uso de pau de selfie e acessórios para fotografias como tripé

A ideia é garantir a circulação dos turistas dentro de Machu Picchu. Só está permitido fotografar em áreas amplas ou permitidas pelos guias. Tripés também estão proibidos. Até agora, não há notícia de mochilas sendo revistadas. Entretanto, os seguranças espalhados pela cidade tem inibido o uso dos acessórios.

Bandeiras de países e cartazes são permitidos, desde que não sejam grandes, e deve entrar com o guia.

– Restrição na circulação de pessoas

A princípio, são três circuitos que você pode percorrer dentro do parque, com duração de duas a três horas (dentro da visita guiada). Antes, era possível circular por toda a cidade, entrando na área interna das casas e dos outros edifícios.

Também é preciso respeitar uma direção única, não sendo possível voltar pelas trilhas dentro do parque. A visitação das montanhas Huayna Picchu e Machu Picchu não sofreram alterações e seguem restritas a um número muito menor de ingressos.

– Venda de ingressos por turno

Para evitar congestionamentos, os ingressos passaram a ser vendidos em dois turnos. Porem ser vendidos, no máximo, 55% do total da capacidade de 3 mil pessoas por turno. O da manhã vai das 6h às 12h e o da tarde, das 12h às 17h30.

Até o momento, não há relatos de que os seguranças estão convidando as pessoas para sair. Porém, a reentrada em Machu Picchu depois do horário que expirou o ingresso está sendo vedada e controlada.

– Obrigatoriedade de contratação de guia

Ao menos na primeira visita do dia a Machu Picchu, passou a ser obrigatório a contratação de um guia, que poderá levar um grupo de, no máximo, 16 pessoas. A reentrada na cidade é permitido sem o guia.

Essa regra não está sendo observada pelos seguranças. Entretanto, a visita ao parque é muito mais interessante se você entende como os incas dividiam a cidade e o que foi cada uma das construções.

– Somente uma reentrada permitida

No comunicado oficial do Ministério do Turismo do Peru, era informado que não seria permitido o reingresso ao parque. Entretanto, toda a estrutura de restaurantes e banheiros fica fora de Machu Picchu.

Oficialmente, está sendo permitido um reingresso ao parque, desde que dentro do horário para o qual você comprou o ticket.

Henrique Lammel

Jornalista e produtor de conteúdo

2 comentários em “Novas regras para Machu Picchu são implementadas progressivamente

  • agosto 26, 2018 em 2:22 pm
    Permalink

    Estou com viagem marcada para visitar o Peru no mês de novembro e lendo alguns artigos, vi que é interessante ver o nascer do sol em Machu Picchu. Como há restrição de horários para entrada no parque, gostaria de saber se ainda é possível apreciar o nascer do sol.

    Resposta
    • outubro 9, 2018 em 11:18 am
      Permalink

      Só se você entrar no parque por uma entrada alternativa, o que é ilegal e pode lhe render uma boa multa!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.