O que fazer em Nova Petrópolis, cidade próxima a Gramado

Nova Petrópolis é uma pequena cidade de colonização alemã, localizada ao ladinho de Gramado, no Rio Grande do Sul, e 88 quilômetros de Porto Alegre. Mesmo sendo menos conhecida, tem aquele mesmo ar e charme de sua vizinha, famosa pela paisagem verde, florida e as casas em estilo enxaimel. 

Por ser menor – tem apenas 22 mil habitantes – e menos badalada que Gramado, acaba sendo uma boa alternativa para quem viaja à Serra Gaúcha e busca unir economia com tranquilidade. A cidade ainda possui alguns atrativos turísticos como o Labirinto, o Parque Aldeia do Imigrante e o Ninho das Águias.

Confira tudo o que você precisa saber para curtir Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, por um dia!

Como é a cidade gaúcha de Nova Petrópolis

Nova Petrópolis é uma cidade turística de colonização alemã, localizada na Serra Gaúcha, com aquela arquitetura típica germânica, cheio de prédios com estilo enxaimel. Os pontos turísticos neste artigo estão todos localizados na região central da cidade e a ideia é que se possa conhecer todos a pé. Deve-se reservar pelo menos meio dia para isso.

Uma das vantagens de Nova Petrópolis é que ela fica localizada antes de Gramado, para quem vem desde Porto Alegre pela Rota Romântica, e pode ser um bom ponto de parada ou até um destino próximo de Gramado para se conhecer em um dia. Em Nova Petrópolis, também se consegue comprar roupas, chocolates e lembranças a preços bem mais econômicos que Gramado e Canela. Desde Gramado, o trajeto leva cerca de 40 minutos.

O que fazer em Nova Petrópolis

Nova Petrópolis é conhecida como jardim da serra. Ainda existem cachoeiras, como o panelão, e alguns pontos interessantes como o Parque Ninho das Águias. Porém, é necessário contratar transporte particular ou estar de carro para chegar nesses pontos.

1. Parque Aldeia do Imigrante

O parque da Aldeia do Imigrante é enorme – tem 10 hectares – e para conhecer todo ele é bom reservar, pelo menos, duas horas. Há dois lagos, uma zona de comércio e alimentação e o que diferencia o local: casas construídas entre 1870 por imigrantes alemães no estilo enxaimel, a maioria delas removidas de suas localidades originais e reconstituídas dentro do parque, exatamente como eram.

O destaque fica para a capela, construída em 1875, inclusive com um antigo cemitério. Também há um museu, com ferramentas, quadros e roupas da época.

É possível alugar pedalinhos para navegar pelo maior lago (R$ 10 a hora, sendo metade para crianças), além de bicicletas (R$ 10 a hora). Pessoas com locomoção reduzida podem alugar um carrinho semelhante a esses de campos de golfe – R$ 5 o trajeto de ida e R$ 8 ida e volta.

O parque está aberto diariamente, das 9h às 17h30. O ingresso custa R$ 14, valendo meia entrada para estudantes e maiores de 60 anos. Menores de 6 anos estão isentos. Para chegar lá, basta sair da rodoviária para a direita e caminhar cerca de 200 metros.

O estilo enxaimel

O estilo enxaimel é utilizado até hoje na Alemanha e tem traços marcantes, sendo facilmente reconhecido. Muitas casas e prédios de Nova Petrópolis, Gramado e Canela, como de outras regiões do Brasil colonizada pelos alemães, são construídos utilizando a técnica.

A principal característica é a forma de construção, em que primeiro se monta um “esqueleto” com vigas e toras de madeira encaixadas uma nas outras na vertical, horizontal e diagonal. Depois, o espaço entre essas vigas é preenchido com tijolo, barro, pedras ou qualquer outro material, formando as paredes.

Outro traço que chama a atenção é o telhado mais inclinado, garantindo que a água não fique empoçada e deixe a madeira úmida. No Brasil, os telhados não são tão inclinados quanto na Alemanha, onde neva e chove mais.

 

 

2. Praça das Flores

É a principal praça da cidade, localizada entre a Rua Coberta e o Labirinto Verde. É ali que estão o Labirinto Verde e a Rua Coberta da cidade. Para chegar lá, basta sair da rodoviária e tomar o lado esquerdo da avenida e caminhar cerca de 200 metros.

3. Labirinto Verde

Quem vai para Nova Petrópolis precisa ir até o centro do Labirinto Verde. Ele está localizado na Praça das Flores, com 28 metros de diâmetro e 2 metros de altura, todo em ciprestes. A entrada é franca. Não se preocupe: em média, chega-se ao centro em 20 minutos.

4. Rua Coberta

Nova Petrópolis também tem uma Rua Coberta, mas saiba que ela é bem mais singela que a de Gramado. Há alguns estandes e, ao lado, uma galeria com algumas lojas e restaurantes. 

Como chegar em Nova Petrópolis

Nova Petrópolis fica a pouco menos de 90 quilômetros de Porto Alegre. Dê ônibus, são em média duas horas de trajeto e saem, pelo menos, cinco coletivos por dia da cidade, com a passagem custando, em média, R$ 31, feito pelas empresas Citral e Planalto. Já de carro, são cerca de uma hora e 20 minutos de percurso pela charmosa Rota Romântica.

Desde Gramado, são apenas 35 quilômetros, ou quarenta minutos e saem entre às 6h e às 19h. A passagem custa, em média, R$ 10 e é feito pela empresa Citral.

O que fazer em Porto Alegre

Henrique Lammel

Jornalista e produtor de conteúdo

2 thoughts on “O que fazer em Nova Petrópolis, cidade próxima a Gramado

  • abril 26, 2021 em 6:34 am
    Permalink

    Muito prazer, sou Alexandra Aranovich, autora do Cafe Viagem – blog para quem acorda sonhando com a proxima viagem. Sou publicitaria e sommelier pela ABS-RS. Acima de tudo, turista apaixonada por cafe da manha, vinhos e experiencias gastronomicas. Moro em Porto Alegre, mas vivo com o coracao no mundo. Super charmosa a cidade! Nao tinha ideia que era assim tao linda! Obrigada por compartilhar todas essas dicas com a gente! Beijao!!

    Resposta
  • abril 22, 2021 em 2:39 pm
    Permalink

    Nós fomos no labirinto e no Parque Aldeia do Imigrante e achamos o parque incrível!! Foi fantástico andar pelo parque e poder entrar nas casas, conhecer mais da história… Vale super a pena mesmo!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.