Ficar em hostel é seguro? Precisa levar lençol? Esclareça suas dúvidas!

como é ficar em um hostel

Dormir em hosteis em acomodações compartilhadas, dividindo quarto com estranhos e tendo uma cozinha para fazer refeições são boas formas de se economizar em uma viagem. Mesmo assim, muitos brasileiros não optam por essa forma de alojamento por achar que ficar em hostel não é seguro ou que não terão privacidade.

Já vi pessoas falando que não ficam em quartos compartilhados por não quererem pessoas fazendo sexo na cama ao lado!

De certa forma, tudo isso é um mito. Claro que há desde hosteis familiares, onde há um respeito muito grande pelo espaço de cada um, até “hosteis party”, onde os alojamentos funcionam junto a um bar ou até uma casa de shows. E aí, se o estabelecimento não for bem organizado ou tiver regras claras, pode, sim, acontecer de tudo!

dormir em hostel é seguro

Hoje, minha preferência ao viajar é ficar em hostéis mais familiares. E não se deve só pelo preço, mas pelas possibilidades de conhecer pessoas de todo mundo e pela energia desses lugares. Lembrando que muitas hospedagens oferecem quartos privados, garantindo mais privacidade e a convivência com outros hospedes nas zonas coletivas.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre segurança, privacidade e conforto nos hosteis para desmitificar alguns preconceitos e explicar como funcionam as acomodações compartilhadas.

Hostel é seguro?

Nunca fui roubado ou vi qualquer tipo de assedio em um quarto ou em qualquer acomodação de um hostel. Mesmo em quartos mistos, sempre houve total respeito entre os hospedes. Quem busca ficar em um quartos coletivos, costuma ter noção de que é preciso respeitar o espaço do outro.

A maioria dos alojamentos possuem lockers – armários onde você pode guardar seus itens de valor. Não esqueça de levar um cadeado – os estabelecimentos, quando tem, costumam alugar. Quanto as roupas, a dica é não deixá-las jogadas, e sim organizadas e guardadas dentro da mochila. Importante lembrar que todas as malas e mochilas podem ser fechadas utilizando um ou dois cadeados. Se você busca uma segurança a mais, é uma ótima opção.

Há quartos separados para homens e mulheres?

Isso vai depender do hostel em que você se hospedar. Alguns tem quartos separados para homens e mulheres, outros tem apenas quartos mistos e ainda há as hospedagens que oferecem as duas opções.

Sempre fiquei em quartos mistos – por serem mais baratos – e nunca presenciei qualquer tipo de assédio. No ambiente de um hostel, o pessoal costuma se respeitar bastante.

Todo hostel tem locker?

Muitos hostéis não possuem lockers! Nesses casos, o melhor é deixar seus documentos, cartões e dinheiro na recepção ou esconder bem, por baixo da palmilha de algum calçado, no bolso de uma calça, sempre colocando os objetos bem no fundo da mochila, em um lugar de difícil acesso. Mas vale ressaltar: já dormi várias noites em hosteis e nunca me roubarem ou reviraram minha mochila.

É preciso levar toalha e lençóis?

A maioria dos hosteis oferecem travesseiros, lençóis limpos e cobertores. O mesmo não se pode dizer de toalhas e itens de higiene, como sabonetes e shampoo, que o hospede deve levar. Algumas hospedagens alugam toalhas e vendem os produtos.

Há privacidade em quartos coletivos?

como é dormir em hostel

Bem verdade, há pouca. Em algumas hospedagens que fiquei, como em Santa Marta, cada cama ficava em uma espécie de cubo e se podia fechar o espaço. Em beliches, há quem prefira dormir na cama de baixo e prenda toalhas nos cantos da cama para fugir aos olhos dos demais hospedes.

No mais, as pessoas não costumam se preocupam muito com isso e usam o quarto somente para dormir. O que pede a etiqueta do hostel é que não se ligue a luz quando for tarde e todos estiverem dormindo no quarto, nem se converse ou faça muito barulho neste horário.

E é claro, dividir quarto com outras pessoas pode vir com alguns “brindes”, como um hospede que ronca muito ou com chulé.

A cozinha é equipada?

Em todos os hosteis que fiquei, havia pelo menos duas panelas e uma meia duzia de pratos e talheres na cozinha. O que podia não ser suficiente quando haviam muitos hospedes. Aí era aquela função de limpar a panela logo depois de usar ou de ficar esperando os outros cozinharem.

O ideal é que se tenha, ao menos, talheres e uma caneca, que por sinal, podem ser úteis em outros momentos da viagem.

Preciso reservar antes?

Fora finais de semana e feriados nacionais, não há real necessidade de se reservar uma hospedagem antecipadamente – fazer na hora pode ser até uma boa oportunidade de negociar e conseguir uma boa barganha. Claro que estar com as hospedagens reservadas dá mais tranquilidade para sua viagem, sendo uma coisa a menos para você se preocupar.

Um site seguro para se buscar hosteis e realizar reservas é o Booking – hoje, possui hospedagens de todos os lugares do mundo cadastradas e, ao fazer a reserva, não é preciso pagar antecipadamente caso você não quiser.

E aí, tem alguma dúvida que não respondemos? Então deixa ela pra gente, aqui nos comentários! Você também pode se interessar por ler nossas dicas para organizar um mochilão!

Henrique Lammel

Jornalista e produtor de conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.