Quanto custa e preços para viajar para Machu Picchu

quanto custa viajar para machu picchu

Diferente do que muita gente pensa, não é preciso gastar uma fortuna para conhecer Machu Picchu.

O custo de uma viagem para a cidade inca vai depender de quanto conforto você está disposto a abrir mão. Em ‘modo mochileiro’, é possível gastar R$ 300, com tudo incluso, para visitar Machu Picchu: transporte, uma noite em Águas Calientes e entrada para o sítio Inca.

Confira, nesse post, todas as informações que você precisa para fazer seu planejamento financeiro.

Preço do ingresso

Esse é o item mais custoso e, no meu caso, responsável por metade do gasto que tive com minha viagem Machu Picchu. Somente para entrar no parque, paga-se PER 152 (R$ 152). Caso você queira subir a montanha Machu Picchu ou Huayna Picchu, o ticket sai um pouco mais caro e vai parar em R$ 200.

Uma dica importante: tente comprar as entradas no site oficial ou nas oficinas de Cusco ou Águas Calientes, pois as agências cobram até 20% somente para adquirir o ingresso por você. Se quiser mais informações, pode consultar nosso artigo sobre como comprar ingresso antecipado para Machu Picchu.

Custos com transporte Cusco – Águas Calientes

trem machu picchu

Quem quer conhecer Machu Picchu, precisa ir para Cusco até Águas Calientes, a cidade aos pés do sítio arqueológico, onde há uma variedade de hosteis e restaurantes. Há duas formas de fazer esse trajeto:

  • De trem: É o modo mais rápida e seguro, mas também o mais caro. Os tickets custam a partir de US$ 55 o trecho.
  • De van: É o modo mais econômico, porém demora quatro vezes mais que o trem. Além de uma viagem de seis horas, são necessárias mais duas horas de caminhada pela trilha da hidrelétrica. É possível conseguir transfer ida-e-volta por menos de US$ 20 nas agências localizadas no centro de Cusco.

Outra forma de chegar em Machu Picchu a pé. Além da famosa trilha Inca, existem os caminhos por Salktanay e Coquequirao, cuja contratação de guia não é obrigatória.

Acomodação em Águas Calientes

cidade montanhas

A não ser que você tome o primeiro trem do dia, não há como visitar Machu Picchu como um passeio bate e volta. Assim, deve prever, pelo menos, uma noite de hospedagem em Águas Caliente.

Mesmo sendo um lugar totalmente voltado ao turismo, a cidade é super agradável. Um povoado aos pés das montanhas, sem carros trafegando pelas ruas (você precisa fazer parte do caminho de van caminhando porque nenhuma estrada chega em Águas Calientes).

As acomodações são um pouco mais caras que em Cusco. Mesmo assim, é possível conseguir camas em hosteis a partir de 25 PER (sem café da manhã). Existe até um camping, à beira do rio, perto da entrada para o parque arqueológico.

E se você quer mais conforto, não se preocupe. Há hospedagens de luxo a partir de PER 800!

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu

 

Restaurantes e refeições

Aqui está um item que sai mais caro. Todos os restaurantes de Águas Calientes cobram bem por uma refeição (para padrões de Peru) e qualquer item que você comprar em um mercado vai lhe sair mais caro que em Cusco.

Uma boa alternativa é levar alguns mantimentos mais calóricos, como bolachas e chocolates.

Valores dentro do parque de Machu Picchu

trilha machu picchu

Prepare-se para pagar valores exorbitantes para tudo que você comprar dentro do parque de Machu Picchu. Uma garrafa de 600ml de água vai lhe custar quase R$ 10. Há dois jeitos: comprar fora do parque, perto do final da trilha que conecta Águas Calientes com o parque ou trazer da cidade.

Contratando um tour

Quando fui para Machu Picchu, acabei contratando um pacote. Ele incluía duas noites em um hostel de Águas Calientes, transporte ida e volta de van, três refeições, guia e ingresso para o parque por R$ 350.

 

Henrique Lammel

Jornalista e produtor de conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.